Filadelfo Sabino de Azevêdo (Fila)

Momentos. Florescência... vaidade é acinte... sonho é andejo... dê-lhes asas e voe

Textos

MOMENTOS (Florescência) Feira





                                          F E I R A

                                                                              Fila Sabino



Sábado eu desço a ladeira
Na volta da feira vou lhe trazer
Um vestido de chita da cor mais bonita que aparecer
Trago pires de louça
Um pente, uma bolsa, cravo e jasmim
Aquele vidrinho de cheiro
Misses pro cabelo, ruge e carmim
Não vou esquecer da fita
Da renda de bico, do lenço e colar
Do par de sandálias de arrasto
E dum sapatinho baixo bem bom de calçar
Trago esmalte alvejado, batom encarnado e um diadema
Alfenim, maná, tapioca, novelo de roca, água de alfazema
Trago agulha, alfinete, broche, tintol, anil e dedal
Rede, esteira, pelego, vassoura de palha e corda pro varal
Trago aguardente de cana, xarope bacana, um licor do bom
Um vidro de leite de rosa e um disco bonito de acordeon
À tardinha, na passagem da ponte, na margem da fonte
Eu vou apanhar flores
As suas mais preferidas, pra alegrar nossa vida
E os nossos amores!
Fila Sabino Azevedo
Enviado por Fila Sabino Azevedo em 27/11/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras