Filadelfo Sabino de Azevêdo (Fila)

Momentos. Florescência... vaidade é acinte... sonho é andejo... dê-lhes asas e voe

Textos

MOMENTOS (Florescência) Bsb
BSB - SEGUNDA POESIA - SARAU LITERÁRIO VIRTUAL





                            *** Bsb ***
                                                                               Fila Sabino




Sorriso aberto, cintilante, de alvejados dentes de marfim
Consistente e sólida nos pedestais de mármore
És árvore de raizes fundas e envolventes
Agasalhando pilares estremecidos em mim

Na tua amplitude sem longitudinal
Tens egocentricidade sem paralelismo
Mesmo assim és cidade sem meridional
Cidadã, cortesã e paraíso

És sólida sim, mística e volátil
De quão nobre riso, um tanto frugal
Culta, múltipla, artística e sutil
Valsas nua à lua de um sol rampal

Que cantem e desencantem-te os praticantes
E falem mal de ti os vesgos e os búzios
Mas eu apaixonado sou sim, por ti
Desde o instante que em ti botei meus lúzios

Que falem mal de ti os vesgos e os búzios
E cantem e desencantem-te os versos praticados
Mas eu apaixonado sou sim, por ti
Desde o instante que em ti botei meus lábios

... e assim serei sempre com certeza
A ti fiel, no âmago, lá na intimidade dos amantes
Enquanto a sábia natureza manter-me e a ti errantes
E eu puder lá do mirante mirar-te e namorar-te tua beleza. !!!





Para este texto convido, para participarem do Sarau Literário Virtual, os ilustres poetas:

Ivan Boccanera
Jacó Filho
Meire Perola Santos
Karine Pimentel
Fila Sabino Azevedo
Enviado por Fila Sabino Azevedo em 01/07/2015
Alterado em 01/07/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras